Cibersegurança no marketing digital: o que é, importância, principais ataques e como se proteger - 2024

Por Gabriel Matias em

09/04/2021 - Atualizado em:

2024

Tempo de leitura: 9 min

Imagine a seguinte situação: depois de um longo período, muita dedicação e esforço, você finalmente consegue realizar um ótimo trabalho de divulgação de seu negócio na internet.

Porém, de um dia para o outro, o site da empresa é atacado por malwares, comprometendo o acesso. Pode acontecer, ainda, de o perfil de seu negócio no Instagram ser hackeado. Ou então de o número de atendimento da organização, no WhatsApp, ser clonado.

Ninguém quer passar por uma situação dessas, não é mesmo? Porém, ataques como esses são mais comuns do que a gente pensa.

A melhor maneira de evitar problemas como o que acabamos de descrever e garantir a continuidade de seu trabalho na internet é se proteger. E isso deve ser feito com investimento em cibersegurança no Marketing Digital.

Quando falamos em investir, estamos mencionando não apenas recursos financeiros mas, especialmente, dedicação e atenção às técnicas. Com algumas dicas práticas, você e seu negócio ficarão bem mais seguros na internet! 

Acompanhe o artigo e saiba o que é cibersegurança. Conheça os principais ataques e como você pode ficar mais protegido contra eles.

O que é cibersegurança no Marketing Digital

Cibersegurança no Marketing Digital é um conjunto de ações e técnicas que têm como objetivo manter a segurança de dados e informações organizacionais compartilhadas ou disponibilizadas na internet.

Vale destacar que, ao mencionar Marketing Digital, estamos nos referindo à presença da organização especialmente em redes sociais e páginas da web.

Assim, a cibersegurança no Marketing Digital visa proteger os dados e as informações geradas pelas empresas nesse ambiente virtual, ok?  

Pontos importantes sobre cibersegurança

A Fortinet realizou uma pesquisa no Brasil e constatou que, em apenas 3 meses, os brasileiros sofreram mais de 1,6 bilhão de ataques cibernéticos.

O assombroso número deixa o alerta vermelho para que pessoas e empresas fortaleçam suas práticas de cibersegurança.

Nesse sentido, os principais pontos de atenção são:

  • Utilização de senhas fortes e trocadas com periodicidade
  • Uso de softwares de segurança, atualizados e testados regularmente 
  • Backups feitos com frequência
  • Investimentos em práticas e serviços de cibersegurança

O papel do cibersegurança no Marketing Digital 

O tema tem se tornado tão importante que até o governo federal está de olho nele. Em fevereiro de 2020, foi publicada a Estratégia Nacional de Segurança Cibernética (E-Ciber).

O objetivo do documento é dar diretrizes para que o Brasil se torne um país confiável e próspero virtualmente, coibindo os ataques cibernéticos e investindo em ações de segurança.

Notamos, assim, que a cibersegurança tem um papel fundamental na sociedade como um todo e, é claro, no Marketing Digital.

Apostar em medidas que tornem mais segura e confiável a presença de pessoas e marcas na internet é imprescindível para que o trabalho de Marketing possa ser realizado de forma contínua e profissional.

Os tipos de cibersegurança no Marketing Digital

Basicamente, podemos dizer que a cibersegurança no Marketing Digital tem 2 frentes de ação:

  1. Redes sociais e canais de comunicação, como Instagram, Facebook, WhatsApp e e-mail
  2. Sites próprios das organizações

A seguir, conheça os golpes mais comuns e como evitá-los na utilização desses meios.

Os principais ataques cibernéticos no Marketing Digital

A forma e o objetivo dos ataques podem variar, mas o resultado é sempre o mesmo: problema e muita dor de cabeça para você e sua equipe.

A melhor forma de lidar com os golpes é se prevenindo com a cibersegurança. Algumas atitudes simples podem ser muito eficazes, sabia?

Confira os principais ataques às redes sociais e sites e como se prevenir deles.

Golpes comuns em redes sociais

Seja qual for a plataforma de rede social ou comunicação – Instagram, Facebook, Twitter, YouTube, WhatsApp e outras –, é muito importante manter uma presença saudável de sua marca.

Alguns ataques podem comprometer seu trabalho de Marketing Digital nesses canais. Por isso, confira detalhes dos principais golpes em Social Media e o que você pode fazer para se proteger.

Verificação de perfil do Instagram

Se você receber uma mensagem pelo Direct da conta no Instagram prometendo o selo de verificação na rede, tenha bastante cuidado! 

A verificação de contas no Instagram é um processo burocrático e demorado que só acontece por solicitação do usuário – não o contrário.

Se isso acontecer, não clique em links, denuncie e exclua a conversa, porque ela pode ser um golpe para clonar seu número de WhatsApp ou para clonar o seu perfil no Instagram.

Notificações falsas de redes sociais

Este é um ataque que acontece fora das redes sociais, mas está atrelado a elas. O usuário recebe uma mensagem ou notificação informando sobre alguma novidade no Instagram ou Facebook, por exemplo.

Ao clicar no link, o computador ou celular é invadido por vírus, que podem danificar os dispositivos e seus sistemas, além de roubar dados.

Por isso, nunca clique em links sobre notificações de redes sociais que não sejam enviados diretamente pelas plataformas.

Perfil falso nas redes sociais

Golpistas vêm utilizando nomes de pessoas e marcas famosas e de autoridade para novos ataques.

Eles se passam por figuras conhecidas na internet e tentam vender ingressos para eventos que seriam programados por elas. Ao clicar nos links, os convidados têm seus dados roubados e podem ter a conta do WhatsApp clonada.

O golpe aconteceu com personalidades como Murilo Gun e Guga Chacra.

Nesse caso, é muito importante que você ative a verificação de suas contas e mantenha ligados os alertas sobre menções à sua marca.

Clonagem de WhatsApp

De acordo com levantamento realizado pelo laboratório de segurança digital dfndr lab, somente em 2020, o Brasil já acumulava 3 milhões de vítimas de clonagem de contas de WhatsApp.

Os golpes acontecem, em muitos casos, com o clique em links duvidosos.

A verificação de dois fatores no WhatsApp é uma das medidas mais efetivas para garantir a segurança das contas.

Clonagem de conta do Instagram

Da mesma maneira que acontece com o aplicativo de mensagens, as contas do Instagram são recorrentemente clonadas.

As dicas de cibersegurança são as mesmas: evite links de origem duvidosa e ative a autenticação de 2 fatores neste canal.

Golpes comuns em sites empresariais

Além dos golpes que acontecem com os perfis em redes sociais, os ataques aos sites empresariais são bastante comuns.

O roubo de dados e comprometimento de acesso são algumas das principais consequências. Veja quais são alguns desses golpes e como proteger seu endereço na web.

Ataques de força bruta

Com ataques de força bruta, golpistas tentam invadir seu site e roubar preciosos dados da empresa através de diversas tentativas de acesso.

Nesse caso, a boa e velha senha forte é um dos principais meios de se manter seguro.

Malwares

Códigos maliciosos que invadem seu site são chamados de malwares. O ataque pode acontecer de diversas formas. Entre as consequências, estão: alteração nas páginas, dificuldades de acesso e até a perda do domínio.

Para se proteger contra os ataques dos Malicious Softwares, mantenha senhas fortes de acesso, não clique em links duvidosos e implemente o captcha para interações em seu site.

Além disso, mantenha o sistema de gestão de conteúdo de seu site sempre atualizado. Se você usa o WordPress, por exemplo, certifique-se de que seja a versão mais recente e mantenha seus plugins atualizados. 

Injeção SQL

Este golpe utiliza brechas em sistemas cuja base de dados usa comandos SQL. O golpista consegue inserir uma instrução SQL indevida e, dessa forma, obtém qualquer tipo de dado do banco de dados invadido.

A criação de restrições técnicas de permissão para acesso à database, instâncias específicas e sistema operacional pode ser uma forma de se proteger desses ataques.

Lidar com Injeção SQL requer um conhecimento técnico. Por isso, conte com ajuda de um profissional de tecnologia para resolver esse problema.  

Cross-site scripting

No cross-site scripting, o invasor injeta códigos JavaScript no navegador de um usuário, que será utilizado como intermediário para a propagação do golpe.

Neste caso, as consequências do ataque podem ser diversas, gerando roubo de informações e ataques de phishing, por exemplo.

As ações preventivas são técnicas como o uso e configuração de Encoding e Validation, bibliotecas Anti-XSS e Content Security Policy (CSP).

Converse com seu programador ou suporte de Tecnologia para realizar essas tarefas.

Ataque ao código do site

Este golpe utiliza um script PHP com a finalidade de atacar uma aplicação escrita nessa linguagem. Com isso, vários dados e informações podem ser expostos ao golpista, facilitando sua ação.

Para se prevenir desses ataques, o site deve receber alguns cuidados. É preciso ter atenção redobrada com o upload de formulários (um dos principais alvos dos ataques) e utilizar com cautela funções como “eval” e “preg_replace”.

Novamente, vale a pena entrar em contato com sua equipe técnica para verificar essas ações.

Ataque DDoS

O ataque de negação de serviço tem como objetivo dificultar o acesso dos usuários ao seu site, tornando páginas indisponíveis.

Você pode se proteger deles aplicando blackhole routing, desativando ou modificando as configurações dos protocolos de rede e adotando uma solução anti DDoS eficiente. 

Converse com seu programador ou suporte de Tecnologia para saber como se proteger desse ataque. 

Diferença entre cibersegurança no Marketing Digital e cibersegurança corporativa

Como você viu, a cibersegurança aplicada ao Marketing Digital está relacionada à proteção de dados e informações utilizadas e compartilhadas em redes sociais e na internet.

Já a cibersegurança corporativa é algo mais abrangente. Ela envolve todos os dados organizacionais presentes em sistemas, arquivos e outras fontes e armazenamentos. 

Isso quer dizer que esses dados nem sempre são públicos ou de fácil acesso, mas precisam de toda a proteção possível.

Gostou deste conteúdo? Da mesma forma que ele foi útil para você, poderá ser interessante para várias outras pessoas! Compartilhe este link em suas redes sociais para ajudar mais pessoas a se protegerem.

Gabriel Matias

CROWD = Plataforma de Talentos de Marketing e Tecnologia. Conectamos você com especialistas para acelerar sua transformação digital. Profissionais e equipes remotas para implementar o que você precisa.

Contrate profissionais