Design contrate profissionais peças digitais

Contratar designer gráfico: onde e como contratar com rapidez e segurança (2023)

Por Crowd em 15/06/2023 - Tempo de leitura: 11 min

Para se chegar a bons resultados, a imagem tem papel fundamental. Por isso, contratar designer gráfico é essencial para quem deseja passar uma boa impressão aos visitantes das redes sociais ou site. 

Uma imagem bem-feita é fator primordial em qualquer estratégia de marketing. Afinal, consegue atrair pessoas por meio da atenção visual. Isso se refere aos estímulos que o cérebro recebe no momento em que as pessoas veem algo. 

Dessa forma, fica mais fácil entender a importância da aparência para atrair clientes para o seu negócio. Logo, para que seu site, suas redes sociais e suas publicações passem um ar mais profissional, é preciso contratar um designer gráfico.

Se é desse profissional que você precisa, então, continue a leitura deste artigo! Aqui, você vai saber onde encontrá-lo, quanto custa e como escolher um bom profissional. 

Qual é a função de um designer gráfico?

Qual é a função de um designer gráfico?

O designer gráfico é o profissional responsável pela identidade visual de uma empresa. Sua função é garantir o reconhecimento e a notoriedade de uma marca por meio do visual. 

Ou seja, ele cria artes, conceitos visuais e projetos gráficos para o meio digital e o impresso. Isso mostra a importância de ter um profissional da área em uma empresa. 

Afinal, o designer gráfico abraça toda a comunicação visual de um negócio para criar uma relação de confiança e sólida com seus consumidores. Logo, a escolha das cores certas e a disposição das palavras e objetos na imagem fazem toda a diferença.

Em quais áreas o designer gráfico pode atuar?

Em quais áreas o designer gráfico pode atuar?

Um designer gráfico pode atuar em várias frentes, como:

  • identidade visual
  • marketing e publicidade
  • social media
  • design de produto
  • interface do usuário
  • editorial

Portanto, para contratar um designer gráfico, é preciso saber, antes, o que você precisa para a sua empresa. 

Veja um pouco sobre as áreas que esse profissional pode atuar!

1. Identidade visual

A identidade visual é o que vai fazer o seu cliente lembrar da sua empresa. Ou seja, é o relacionamento entre um empreendimento ou organização com o público.

Ela é formada por elementos visuais e gráficos, como logotipos, grafismo, cores, tipografia, naming e slogan. Além disso, inclui também valores, missão e princípios. Todos esses elementos dão vida a um negócio no mercado de trabalho.

Em outras palavras, a identidade visual é responsável por tornar a marca conhecida e lembrada nas tomadas de decisão e nos momentos de compra. 

Nesse sentido, um designer gráfico de identidade visual é responsável pela criação de logotipos, escolha da paleta de cores e tipografia. Além disso, faz a seleção das imagens que mais representam a empresa.

2. Marketing e publicidade

As estratégias de marketing são fundamentais para o sucesso de uma empresa, e o designer gráfico tem papel importante.

Isso porque as imagens são o que chamam a atenção no primeiro momento. Um outdoor, por exemplo, precisa ser atrativo. Afinal, as pessoas passam por eles rapidamente e não têm tempo para analisar com calma.

Logo, é fundamental que ele atraia olhares para que a marca seja vista e alcance o seu objetivo. Por isso, é preciso contar com um designer gráfico. 

Na área de marketing e publicidade, o profissional pode produzir:

  • infográficos
  • anúncios em jornais e revistas
  • adesivos para veículos
  • outdoors
  • banner
  • cartazes
  • postais e folhetos

3. Social media

As redes sociais são uma ferramenta importante em qualquer estratégia de marketing empresarial. Afinal, elas recebem acessos de milhões de pessoas diariamente. 

Entretanto, cada rede tem um público. Por isso, é preciso entregar conteúdo e peças digitais específicas para cada uma. O responsável pela criação visual das publicações é o designer gráfico. 

Ele é quem transmite os valores e a identidade visual das empresas por meio das imagens. Assim como em qualquer outro meio de comunicação, uma arte bem-feita nas redes sociais pode captar a atenção do seu público. 

4. Design de produto

Também chamado de Product Design, é a área de criação de um produto digital e físico. Aqui, o profissional participa de todo o processo, se tornando uma espécie de gestor. 

Ao contratar um designer gráfico para atuar nessa área, é preciso que ele entenda outras áreas do design. As principais são UX, UI e design visual. 

5. Interface do usuário

Essa também é uma área de atuação do designer gráfico, sendo uma das mais importantes. Isso porque ela trabalha o meio de interação do usuário com um software, dispositivo ou aplicativo. 

Sendo assim, um UI designer pode participar da criação de aplicativos para computador ou celulares, jogos, sites, entre outros. O papel dele é deixar essa interação mais fácil de usar e amigável. 

6. Editorial

Quando falamos em design gráfico editorial, nos referimos a peças de formato longo que se comunicam com as pessoas por meio de distribuição pública.

Ou seja, jornais, livros, catálogos e revistas. Com o crescimento das publicações digitais, o designer gráfico trabalha na criação de layouts e artes que acompanham as obras. 

Como contratar designer gráfico?

Como contratar designer gráfico?

Você pode contratar designer gráfico por meio de plataformas de profissionais remotos freelancers, diretamente em sites próprios ou redes sociais. 

A seguir, separamos algumas possibilidades!

Contratar designer gráfico em plataformas de profissionais remotos freelancers

Algumas das plataformas em que você pode contratar designer gráfico freelancer são:

  • Crowd
  • Marfin
  • Workana
  • Creators.llc
  • 99Freelas.

Atualmente, são milhões de profissionais prestadores de serviços cadastrados nessas plataformas. Por isso, são uma excelente ferramenta para você encontrar um designer gráfico.

A seguir, vamos falar um pouco sobre cada uma delas!

1. Crowd

A Crowd é uma plataforma que possui uma base de mais de 20 mil freelancers especialistas em tecnologia e marketing. O objetivo é oferecer profissionais para acelerar o desenvolvimento do projeto de seus clientes.

Para encontrar os melhores freelancers, a Crowd faz uma curadoria para entender as necessidades e pré-selecionar os profissionais. Após isso, juntos, a plataforma e o cliente definem o freelancer que trabalhará no projeto. 

Nessa etapa, o contratante pode entrevistar os candidatos para escolher aquele que mais se encaixa com o trabalho. Por fim, a Crowd conecta o cliente ao freelancer e a um especialista da plataforma para dar celeridade ao projeto. 

Precisa contratar um designer gráfico com rapidez e segurança? Solicite seu orçamento aqui.

2. Marfin

A Marfin é uma plataforma que trabalha com projetos de marketing sob demanda. Ela oferece serviços de:

  • conteúdo
  • design
  • anúncios/ads
  • vídeo
  • automação
  • SEO
  • website
  • redes sociais
  • texto para posts
  • planejamento mensal

Atualmente, a Marfin conta com mais de 1.600 profissionais ativos, 600 empresas cadastradas e 4.200 projetos abertos. 

Há algumas modalidades para contratar design gráfico ou outros profissionais na plataforma. São elas:

  • On-demand: serviços com escopo e preço fechados para promover clareza e agilidade na contratação.
  • Select: a plataforma seleciona os melhores profissionais após o cadastro do projeto.
  • Squads: os profissionais selecionados trabalham exclusivamente para o cliente.
  • Marketplace: o cliente escolhe o profissional que quer contratar, por meio de portfólios publicados na plataforma.
  • Studios: produção de vídeos para empresas.
  • Prime: modalidade de assinatura que oferece descontos para on-demand, select e squads.

3. Workana

A Workana é uma plataforma que tem mais de 2 milhões e meio de profissionais cadastrados. Além disso, oferece trabalhos pontuais em várias áreas. 

Para contratar designer gráfico na plataforma, basta cadastrar o seu projeto. Após essa etapa, os próprios freelancers enviam suas propostas e você faz a seleção. 

Nela, o pagamento é feito assim que a proposta de trabalho é aceita. O valor fica guardado no sistema e só é liberado quando você informar que recebeu o material conforme acordado com o freelancer.

4. Creators.llc

A Creators.llc é uma plataforma que oferece o serviço de curadoria, assim como ocorre na Crowd. Os freelancers são selecionados a partir da sua habilidade principal e outras 5 secundárias.

Portanto, a partir das necessidades do cliente de contratar designer gráfico, a plataforma disponibilizará os perfis mais adequados. Com isso, ele faz a seleção e passa a ter contato direto com aquele que mais se encaixar com a proposta. 

5. 99Freelas

O 99Freelas funciona nos mesmos moldes da Workana. Ou seja, o cliente publica o projeto para uma base de mais de 1 milhão de freelancers cadastrados.

Após essa etapa, os profissionais enviam suas propostas para participar da seleção. O pagamento é feito assim que o acordo é fechado e só é liberado após a entrega do trabalho.

Contratar designer gráfico diretamente em sites próprios ou redes sociais

Outra maneira de contratar designer gráfico é por meio da busca ativa no Google ou redes sociais, como LinkedIn, Instagram, Facebook ou YouTube.

Além disso, há também os sites para contratar profissionais para vagas CLT. Confira alguns a seguir!

  • Vagas.com.br: é o maior site de carreira do Brasil. São mais de 3 mil empresas de vários segmentos com vagas cadastradas. Além disso, há cerca de 17 milhões de profissionais inscritos no site. 
  • Catho: funciona como um classificado de empregos. É um site que também promove a conexão entre empresas e candidatos que buscam novas oportunidades no mercado de trabalho. 
  • Infojobs: é uma empresa que oferece ferramentas para gerir e facilitar processos seletivos. Ela tem a maior base ativa de candidatos do país.

Quanto um designer gráfico cobra por seus serviços?

Os valores cobrados por um designer gráfico vão depender da modalidade de contratação (freelancer ou CLT) e trabalho. Além disso, a experiência e o nicho também contam. 

Dessa forma, segundo o site Vagas, o salário médio desse profissional na contratação como CLT está em cerca de R$ 2.000. O valor mínimo informado foi de R$ 1.381 e o máximo de R$ 3 mil. 

No modelo CNPJ, o designer gráfico freelancer pode cobrar um valor mínimo de R$ 1.272. Isso vai depender da sua experiência e tipo de trabalho. 

Relembrando, esse profissional é responsável por:

  • definir a identidade visual de empresas
  • criar logotipos
  • desenvolver peças publicitárias
  • elaborar a parte visual de blogs e sites
  • diagramar jornais, revistas, panfletos e livros

Quais são os pontos importantes sobre esses profissionais?

Quais são os pontos importantes sobre esses profissionais?

Antes de contratar designer gráfico, você precisa se atentar a alguns pontos importantes:

  • Dê preferência a designer gráfico que tenha um processo estabelecido para produzir o entregável. Afinal, só se alcança bons resultados com profissionais sérios e dedicados.
  • Há profissionais que gostam de integrar equipes remotas ou squads remotos de marketing ou de tecnologia.
  • Por ser bastante procurado, esse profissional pode ter agenda para novos clientes entre 1 e 6 meses.

Case de sucesso na contratação de designer gráfico: agilidade para aproveitar o buzz da Copa do Mundo e vender produtos

Case de sucesso na contratação de designer gráfico

Na Copa do Mundo de 2018, a Centauro tinha o objetivo de aproveitar o buzz da competição para aumentar suas vendas. 

Como uma empresa do ramo esportivo, decidiu produzir estampas de camisetas com frases inspiradas em jogadas feitas durante o torneio. Diante da complexidade do desafio, a Centauro precisou de ajuda para tirar a ideia do papel. 

Com designer especializado, a Crowd contribuiu para a criação de estampas, com a rapidez que o projeto precisava. Afinal, os jogos eram realizados quase que diariamente. 

Para atingir esse objetivo, as frases eram escritas durante ou logo após o término das partidas. As camisetas eram disponibilizadas para vendas no site, minutos após o encerramento dos jogos. 

Foi possível criar camisetas criativas para os fãs da Copa do Mundo de forma rápida. O resultado foi positivo e teve destaque na imprensa brasileira. Veja o case completo aqui.

Como você viu, não é difícil contratar designer gráfico para o trabalho que precisa. Para isso, basta escolher a modalidade (freelancer ou CLT) e executar as tarefas. 

Você pode começar a procurar por esse profissional agora mesmo. Entre em contato com a gente e faça o seu orçamento!

Crowd

CROWD = Plataforma de Talentos de Marketing e Tecnologia. Conectamos você com especialistas para acelerar sua transformação digital. Profissionais e equipes remotas para implementar o que você precisa.

Deixe um comentário