redes sociais contrate profissionais

Contratar gestor de redes sociais: quanto custa e onde contratar com rapidez e segurança (2023)

Por Crowd em 06/07/2023 - Tempo de leitura: 9 min

O gestor de redes sociais é responsável por criar as estratégias, os conteúdos e os relatórios de redes sociais. Por exemplo, WhatsApp, YouTube, Instagram, Facebook, TikTok, Messenger, LinkedIn, Pinterest, Twitter e Snapchat.

Claro que a sua empresa não precisa estar presente em todas. Por isso, esse profissional é tão importante para definir qual ou quais delas serão as ideais para apostar. Afinal, é necessário saber onde o seu público está para a estratégia dar certo.

Aqui, vamos falar tudo sobre contratar gestor de redes sociais. Então, continue a leitura para saber quanto custa e onde encontrar esses profissionais.

Quais as funções de um gestor de redes sociais?

Quais as funções de um gestor de redes sociais

Um gestor de redes sociais tem o papel de cuidar da reputação e da imagem da empresa nas principais plataformas. Além disso, deve criar um relacionamento com os seguidores da marca e garantir crescimento e engajamento.

A seguir, trouxemos as principais funções de um gestor de redes sociais:

1. Fazer uma análise de dados

Antes de iniciar o seu trabalho estratégico, o profissional deve fazer um levantamento prévio da atuação da empresa nas redes sociais. Ou seja, procurar saber a situação da marca nas plataformas, o nível de engajamento, o tráfego, as conversões e as reações das publicações.

Ele também é responsável por identificar os tipos de conteúdo e publicação que têm mais possibilidades de alcançar o público que a empresa procura. Por fim, faz um rastreamento do que os concorrentes têm feito e os resultados obtidos por eles.

2. Montar o planejamento estratégico

O planejamento estratégico é a segunda etapa do trabalho de um gestor de redes sociais. Esse plano pode contemplar estratégias para ganhar seguidores que se tornem potenciais clientes e aumentar o engajamento e a visibilidade da marca, por exemplo.

3. Publicar posts e fazer o monitoramento de perfis

Após montar a estratégia, é hora de colocá-la em prática. Portanto, deve escrever os textos ou legendas, publicar os posts e interagir com os seguidores por meio de comentários e mensagens diretas.

Para isso, esse profissional pode contar com a ajuda de um redator de redes sociais e um designer gráfico para a arte da publicação. Há também o editor de vídeos, caso necessário.

4. Fazer relatório dos resultados

Entre as principais funções de um gestor de redes sociais também está a de montar relatórios dos resultados do seu trabalho. Portanto, após fazer o planejamento estratégico e executá-lo, ele deve analisar os efeitos e apresentá-los ao cliente. É uma forma também de ver o que deu certo e o que precisa aprimorar.

Importante: o que um gestor de redes sociais não faz?

Muitos profissionais têm amplo conhecimento nas várias áreas do marketing digital. Apesar de o gestor de redes sociais assumir outras atividades, é importante destacar certas funções que não são de responsabilidade desse profissional.

Veja o que um gestor de redes sociais não faz:

1. Campanhas de mídia paga — esse é o papel do gestor de tráfego pago.

2. Redação de conteúdo especializado — esse é o papel do redator de conteúdo.

3. Produção e Edição de conteúdo multimídia — esse é o papel do editor de vídeo.

4. Desenvolvimento de sites — esse é o papel do desenvolvedor WordPress.

5. Programação de landing pages — esse é o papel do desenvolvedor front-end.

Como contratar gestor de redes sociais: em plataformas de profissionais remotos freelancers

Como contratar gestor de redes sociais: em plataformas de profissionais remotos freelancers

As plataformas de profissionais remotos freelancers permitem que você faça contratações específicas de pessoas de qualquer lugar do mundo.

De forma segura, fácil e prática, elas fazem a conexão entre profissionais e empresas. Dessa maneira, elas se tornam uma excelente opção para quem deseja contratar gestor de redes sociais.

Confira, a seguir, as principais plataformas de profissionais remotos freelancers que separamos:

1. Crowd

A plataforma Crowd tem uma base de mais de 20 mil freelancers especialistas em marketing e tecnologia. O objetivo é oferecer profissionais para acelerar o desenvolvimento do projeto de seus clientes.

Para encontrar os melhores freelancers, a plataforma de talentos de marketing e tecnologia faz uma curadoria para entender as necessidades e pré-selecionar os profissionais. Após isso, juntos, a Crowd e o cliente definem o freelancer que trabalhará no projeto. 

Nessa etapa, o contratante pode entrevistar os candidatos para escolher aquele que mais se encaixa com o trabalho. Por fim, a plataforma conecta o cliente ao freelancer e a um especialista da Crowd para agilizar o projeto. 

Por meio da plataforma, você ainda pode montar o seu squad de marketing ou tecnologia. Da mesma forma, todos passam por uma curadoria.

Precisa contratar um gestor de redes sociais com rapidez e segurança? Solicite seu orçamento aqui.

2. Marfin

A Marfin é uma plataforma que trabalha com projetos de marketing sob demanda. Ela oferece serviços de:

  • conteúdo
  • design
  • anúncios/ads
  • vídeo
  • automação
  • SEO
  • website
  • redes sociais
  • texto para posts
  • planejamento mensal

Atualmente, ela conta com mais de 1.600 profissionais ativos, 600 empresas cadastradas e 4.200 projetos abertos. 

Há algumas modalidades para contratar design gráfico ou outros profissionais na plataforma. São elas:

  • On-demand: serviços com escopo e preço fechados para promover clareza e agilidade na contratação.
  • Select: a plataforma seleciona os melhores profissionais após o cadastro do projeto.
  • Squads: os profissionais selecionados trabalham exclusivamente para o cliente.
  • Marketplace: o cliente escolhe o profissional que quer contratar, por meio de portfólios publicados na plataforma.
  • Studios: produção de vídeos para empresas.
  • Prime: modalidade de assinatura que oferece descontos para on-demand, select e squads.

3. Workana

A Workana é uma plataforma que tem mais de 2 milhões e meio de profissionais cadastrados. Além disso, oferece trabalhos pontuais em diversas áreas. 

Para contratar um gestor de redes sociais na plataforma, basta cadastrar o seu projeto. Após essa etapa, os próprios freelancers enviam suas propostas e você faz a seleção. 

Nela, o pagamento é feito assim que a proposta de trabalho é aceita. O valor fica guardado no sistema e só é liberado quando você informar que recebeu o material conforme acordado com o freelancer.

4. Creators.llc

A Creators.llc é uma plataforma que oferece o serviço de curadoria, semelhante ao da Crowd. Os freelancers são selecionados a partir da sua habilidade principal e outras 5 secundárias.

Portanto, conforme as necessidades do cliente de contratar gestor de redes sociais, a Creators.llc disponibiliza os perfis mais adequados. Com isso, o contratante faz a seleção e passa a ter contato direto com aquele que mais se encaixar com a proposta. 

5. 99Freelas

O 99Freelas funciona nos mesmos moldes da Workana. Ou seja, o cliente publica o projeto para uma base de mais de 1 milhão de freelancers cadastrados.

Após essa etapa, os profissionais enviam suas propostas para participar da seleção. O pagamento é feito assim que o acordo é fechado e só é liberado após a entrega do trabalho.

Como contratar gestor de redes sociais: e sites próprios ou redes sociais

Como contratar gestor de redes sociais: e sites próprios ou redes sociais

Outra forma de contratar gestor de redes sociais é fazer uma busca ativa no Google ou por meio das redes. Por exemplo, LinkedIn, Instagram, YouTube ou Facebook.

Você também pode optar por utilizar sites para contratar profissionais para vagas CLT. Os principais são:

  • Vagas.com.br: é o maior site de carreira do Brasil. São mais de 3 mil empresas de vários segmentos com vagas cadastradas. Além disso, há cerca de 17 milhões de profissionais inscritos no site.
  • Catho: funciona como classificados de empregos. É um site que também promove a conexão entre empresas e candidatos que buscam novas oportunidades no mercado de trabalho.
  • Infojobs: é uma empresa que oferece ferramentas para gerir e facilitar processos seletivos. Ela tem a maior base ativa de candidatos do país.

Qual a melhor contratação: plataformas de freelancers ou direta?

Qual a melhor contratação: plataformas de freelancers ou direta?

Vai depender da sua necessidade e do orçamento disponível. Por exemplo, se for para um trabalho pontual e de pouca demanda, contratar um gestor de redes sociais freelancer é a melhor opção.

Se a ideia for ter um profissional fixo para atender a várias demandas, a contratação direta e CLT, por exemplo, pode ser a melhor saída. Entretanto, o freelancer também se encaixa nesse cenário.

Quanto custa contratar um gestor de redes sociais?

Quanto custa contratar um gestor de redes sociais?

Os valores cobrados por um gestor de redes sociais variam conforme a modalidade de contratação e trabalho. A experiência e o nicho também influenciam.

Segundo o site Vagas, o salário médio desse profissional como CLT está em R$ 3.112. O valor mínimo informado na plataforma foi de R$ 1.953 e o maior R$ 4.769.

Se preferir contratar pela modalidade freelancer, o gestor de redes sociais pode cobrar um preço mínimo de R$ 500 por rede social. Entretanto, esse valor pode variar muito conforme a demanda de posts, função, tipos de rede social e tempo que precisará ficar disponível.

Por isso, é importante avaliar as suas necessidades e o seu orçamento. Assim, você fará a escolha do modelo de contratação mais adequado para os seus objetivos.

Quais são os pontos importantes a considerar sobre esses profissionais?

Quais são os pontos importantes a considerar sobre esses profissionais?

O primeiro é que você deve priorizar um gestor de redes sociais que tenha um processo estabelecido para produzir os entregáveis. Isso porque só se alcança bons resultados com profissionais dedicados e sérios.

O gestor de redes sociais, geralmente, prefere atuar de forma independente. Dessa forma, ele está mais presente nas plataformas para freelancers.

É importante destacar também que há gestores de redes sociais que gostam de integrar equipes remotas ou squads remotos de marketing ou squads de conteúdo.

Por ser bastante procurado, esse tipo de profissional pode ter agenda para novos clientes entre 1 e 6 meses.

As redes sociais estão em amplo crescimento e a tendência é que mais usuários se rendam a elas. Logo, as empresas precisam buscar formas de se colocarem presentes nesse meio para se aproximar do seu público.

Portanto, contratar um gestor de redes sociais é fundamental para uma estratégia de marketing. Afinal, esse não é um trabalho fácil e demanda conhecimento para alcançar os resultados desejados.

Neste artigo, você soube o que faz um gestor de redes sociais, o seu preço e onde encontrá-lo. Entendeu também a importância desse profissional no trabalho de divulgação da marca.

Agora, é com você! Que tal aproveitar para contratar um gestor de redes sociais aqui com a Crowd? Entre em contato com a gente e faça o seu orçamento agora mesmo!

Crowd

CROWD = Plataforma de Talentos de Marketing e Tecnologia. Conectamos você com especialistas para acelerar sua transformação digital. Profissionais e equipes remotas para implementar o que você precisa.

Deixe um comentário