Conteúdo carreiras freelancer

Copywriter: o que faz, quanto ganha, mercado de trabalho, habilidades e cursos de formação

Por Crowd em 10/10/2022 - Tempo de leitura: 12 min

O copywriting é um dos campos do marketing digital que vem se destacando nos últimos anos. A escrita persuasiva, bastante utilizada em cartas de vendas, lançamento de infoprodutos e outros materiais, é famosa pelos incríveis resultados.

Por trás de todo esse trabalho está o copywriter, um profissional de redação que escreve de forma a convencer o público. O redator precisa ser habilidoso na utilização das palavras a fim de captar a atenção das pessoas e levá-las por todo o seu texto até a uma tarefa específica.

Mas, o que é preciso para entrar neste universo e se tornar um copywriter de sucesso? Será que realmente vale a pena, em termos financeiros, dedicar-se à escrita persuasiva? Além da boa redação, o que mais é preciso para se estabelecer no mercado do copywriting?

No decorrer deste conteúdo, a gente vai conversar sobre todas essas questões. Confira os tópicos:

  • O que faz um copywriter
  • Quanto ganha um copywriter
  • Mercado de trabalho para o copywriter
  • Formação, habilidades e competências necessárias ao copywriter
  • Como conseguir jobs de copywriting

Esperamos que após este conteúdo você tenha as respostas de que precisa para decidir se segue com a carreira e, então, buscar os recursos necessários para dar continuidade a ela. 

Boa leitura!

O que faz um copywriter

O que faz um copywriter

O copywriter é o profissional da escrita que tem como foco a persuasão de seus leitores. Isto é, os textos produzidos têm como objetivo convencer a pessoa sobre algum assunto ou, o que é mais comum, a realizar determinada ação.

No universo do marketing digital e de vendas, o trabalho de copywriting é bastante relevante para converter o público-alvo em clientes. 

Nesse sentido, copywriter escreve textos persuasivos (também conhecidos como copy) que conduzem o leitor em sua jornada de compra

No geral, a sua produção é bastante convincente e focada em converter aqueles que fazem a leitura do material. Na prática, este profissional escreve os seguintes conteúdos:

  • Campanhas online: anúncios para campanhas de mídia no Google Ads ou Social Ads.
  • E-mail marketing: sequência de emails de vendas, de nutrição de leads e de onboarding.
  • Sites: home pages, descrição de produtos e pricing pages.
  • Landing pages: textos da página de captura de leads.
  • Funil de vendas para leads aquecidos e frios.
  • Entre outros.

Perceba que o foco da entrega está na rápida conversão dos leitores – e esse é, justamente, um ponto fundamental que diferencia o copywriter de outros redatores.

No marketing digital, é comum encontrar profissionais da escrita voltados para diferentes canais.

O redator de textos para blogs, por exemplo, precisa usar técnicas de SEO em suas redações com a finalidade de ranquear os artigos nos buscadores. O profissional de escrita para redes sociais pode focar em interatividade, por exemplo.

Em alguns casos, o copywriting e a escrita digital são complementares e utilizam mecanismos semelhantes para o alcance dos resultados.

Mas, é imprescindível dizer que o copywriter tem foco em persuadir e convencer o leitor a fazer uma ação desejada pela empresa e que, portanto, seu trabalho é diferente dos demais tipos de redação digital.

Copywriter generalista ou especialista?

Copywriter generalista ou especialista?

O redator de copy tem a possibilidade de trabalhar de maneira genérica, atendendo a vários campos.

Mas, também é possível se especializar em determinados segmentos do marketing digital; entre o tipos de copywriter especialistas, estão: 

  • Copywriter de Conversão (Conversion Copywriter)
  • Copywriter de Resposta Direta (Direct-response copywriter)
  • Email Copywriter
  • E-commerce Copywriter
  • SaaS Copywriter
  • Website Copywriter
  • Ads Copywriter
  • Brand Copywriter
  • SEO Copywriter

Como você pode perceber, dá para se especializar em diferentes áreas da escrita persuasiva – como conversão, e-mail marketing e websites. 

Além de focar em um ou outro tipo de entrega, o copywriter também pode trabalhar para segmentos específicos — como saúde, investimentos, educação, entre outros.

É importante observar o seguinte: a tendência é que quanto mais especializado for um copywriter, menor será o tamanho do seu mercado e maior é o valor do seu serviço.

Já em relação ao trabalho generalizado, a proporção é inversa — ou seja, o tamanho do mercado é maior, mas a média do preço cobrado pode ser menor.

A escolha do profissional em ser generalista ou especialista depende, sobretudo, do seu conhecimento, das suas habilidades de produção e das condições do mercado.

https://www.youtube.com/watch?v=WlZvItQrvx4
Se precisar, ative a tradução automática da legenda. =)

Por isso, é necessário ponderar entre a expertise do profissional e as oportunidades de trabalho para entender se vale a pena especializar-se ou se é mais vantajoso ser generalista no copywriting.

Quanto ganha um copywriter

A remuneração do profissional de escrita persuasiva leva em consideração diferentes aspectos.

O primeiro deles trata sobre o formato de contratação. Atualmente, é possível encontrar oportunidades de copywriting com carteira assinada, no regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e em contratos feitos entre CNPJs.

De maneira objetiva, o copywriter pode ser contratado como funcionário de uma empresa ou como prestador de serviços.

Além disso, é preciso considerar se o trabalho a ser realizado é algo contínuo ou pontual. Deve ser analisado, ainda, o tamanho da entrega a ser feita

Por fim, o método de precificação dos serviços utilizado pelo próprio profissional também deve ser levado em conta para entender a remuneração do trabalho. 

No mercado, é possível encontrar orçamentos baseados em quantidade de palavras, quantidade de laudas, remuneração sobre as vendas do projeto, entre outros.

Dito isso, podemos pegar algumas médias de mercado para que você compreenda em números quanto ganha um copywriter.

De acordo com o Glassdoor, site que disponibiliza informações sobre trabalho, a média salarial do profissional de copywriting com 2 a 4 anos de carreira é de R$4 mil ao mês.

Esse número pode chegar a R$8 mil reais para copywriters freelancers.      

Os valores podem se alterar consideravelmente segundo a expertise do redator e a sua precificação. Assim, quanto maior for a experiência e a competência profissional, maiores serão os ganhos nessa área.

Um outro ponto importante é aumentar o preço dos seus serviços de copywriting conforme você vai crescendo na carreira. Assista ao vídeo abaixo para saber como fazer isso:

https://www.youtube.com/watch?v=VZfzBjSnWmg
Se precisar, ative a tradução automática da legenda. =)

Mercado de trabalho para o copywriter

Mercado de trabalho para o copywriter

Trabalhar com copywriting engloba uma série de atividades que vão desde o planejamento do conteúdo, passando pela execução, indo até a revisão da copy.

É preciso entender, entretanto, que o trabalho desse profissional deve ter o suporte de uma equipe de marketing. A estratégia relacionada ao copywriting, bem como a sua publicação nos canais de comunicação e posterior análise ficam por conta do time. 

Portanto, o copywriter precisa receber um briefing completo com aquilo que é esperado da sua entrega — e, de forma objetiva, o trabalho desse redator é desenvolver a parte textual.

Isso não significa que o copywriter possa desconhecer as estratégias e as técnicas de marketing relacionadas ao trabalho. Ao contrário, o profissional deve estar bastante alinhado a tudo o que está envolvido com a sua entrega.

Inclusive, esse conhecimento é fundamental para que os resultados desejados sejam alcançados com a sua produção textual. 

Outro ponto relevante em relação ao copywriter é que ele pode atuar em diferentes organizações. Assim, é possível encontrar oportunidades em:

  • Agências de comunicação, marketing digital, performance, growth, lançamentos e outras.
  • Empresas que desejam profissionais exclusivos ou para entregas pontuais.
  • Plataformas de freelancers.
  • Profissionais de lançamento de infoprodutos.
  • Entre outros.

Os jobs podem ser oferecidos segundo o nível de experiência (júnior, pleno e sênior). Dessa forma, desde profissionais iniciantes até os mais experientes encontram oportunidades na área.

Por fim, outra característica relacionada à profissão é a possibilidade de trabalhar em qualquer lugar do mundo

Se o copywriter atua de maneira independente, pode redigir suas copies de forma remota. No caso da contratação CLT, também é possível trabalhar remotamente caso a modalidade esteja nas políticas do contratante.

Assim, o copywriter encontra um mercado de trabalho diversificado, com várias oportunidades em empresas diferentes e que pode proporcionar a ele o trabalho remoto.

Formação, habilidades e competências necessárias ao copywriter

Formação, habilidades e competências necessárias ao copywriter

Até aqui, já conversamos sobre o que faz o profissional de copywriting, a sua remuneração e como funciona o mercado em que a profissão está inserida. Agora, é o momento de entender o que é exigido do copywriter para que ele atue com profissionalismo e qualidade.

Formação

Não existe um curso superior específico para quem quer trabalhar com copywriting. Entretanto, é comum que os empregadores exijam formações na área de Comunicação Social, Publicidade e Marketing para o preenchimento de cargos em suas empresas.

Além disso, alguns cursos e certificações são imprescindíveis para que o copywriter aprenda técnicas específicas sobre a escrita persuasiva. Entre os mais conhecidos, estão:

Os certificados são características relevantes para a contratação dos profissionais de copywriting. Mas, também é desejável por boa parte das empresas que o redator tenha um processo estabelecido para a produção da copy.

Confira o exemplo das etapas que podem ser seguidas por um copywriter na execução de seu trabalho:

  1. Pesquisa e descoberta.
  2. Redação, wireframing e edição.
  3. Validação e experimentação.

Veja mais detalhes sobre este processo, que faz parte do copywriting de conversão, no vídeo abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=6cnNX30BAQY&t
Se precisar, ative a tradução automática da legenda. =)

Em muitos casos, um segundo idioma é requerido para o preenchimento de vagas. Portanto, o inglês é importante para profissionais do copywriting.

Veja também este minicurso gratuito na Crowd Academy:

Habilidades e competências

Além do conhecimento técnico, o copywriter precisa ter soft skills que qualifiquem e profissionalizem o seu trabalho. 

Ser transparente, comprometido e honesto sobre as entregas é bastante relevante.

Além disso, organização e pontualidade são fundamentais para quem quer trabalhar neste meio — afinal, os prazos podem ser curtos, exigindo que o profissional ordene a sua agenda.

Observação aos detalhes e checagem da adequação das copies aos critérios técnicos também é bastante relevante para o profissional de copywriting.

Ser uma pessoa de iniciativa, atitude e antecipação — especialmente a problemas futuros e riscos — são habilidades positivas para o redator de escrita persuasiva.

Outra característica interessante está relacionada à adaptação. Em um mercado de trabalho cada vez mais dinâmico e com muitas mudanças, é imprescindível ser flexível e ter a capacidade de responder de maneira rápida e efetiva.

Por fim, o bom copywriter consegue fornecer bons feedbacks à equipe da qual faz parte, colaborando para o sucesso do grupo. 

Como conseguir jobs de copywriting

Como conseguir jobs de copywriting

Alguns passos são importantes para iniciar a sua carreira na área de copywriting. O primeiro deles é ter as formações que o qualifiquem para trabalhar no segmento.

Depois de atualizar o seu currículo, é importante criar um material para apresentar aos potenciais clientes: o portfólio. Esse é um conteúdo fundamental ao redator da escrita persuasiva e que deve ser atualizado ao longo de toda a sua carreira.

Quem está iniciando no campo pode ainda não ter clientes em seu histórico profissional, certo? Por isso, vale criar copies para empresas parceiras, instituições do terceiro setor e, até mesmo, para um projeto fictício. 

Além disso, estudos de caso, projetos-conceito e análises aprofundadas (teardowns) também são uma alternativa para apresentar a sua capacidade técnica.

No vídeo abaixo, a copywriter Nelliane St. Claire explica como ela conseguiu clientes para um ano inteiro com apenas uma análise aprofundada que ela publicou no seu blog:

https://www.youtube.com/watch?v=7XLYdAxoTQE
Se precisar, ative a tradução automática da legenda. =)

 

Mais do que apenas informar as entregas feitas, é necessário ser estratégico na demonstração do seu trabalho. Assim, quando já houver experiência, foque na apresentação de materiais que efetivamente geraram resultados aos clientes.

Outro ponto relevante é posicionar-se como profissional de copywriting. Assim, atualize o seu perfil em redes sociais como o LinkedIn e crie uma marca pessoal que gere credibilidade e transpasse confiança.

Então, depois que os primeiros passos foram dados, é hora de buscar oportunidades de trabalho no mercado; confira:

Vagas de emprego tradicionais

Existem sites especializados na divulgação de oportunidades para trabalho em regime de contratação CLT. Geralmente, o processo é simples: o profissional se cadastra, visualiza as vagas disponíveis e pode se candidatar a uma delas nessas plataformas. Confira as principais:

Oportunidades como freelancer

Já o copywriter que deseja trabalhar de maneira autônoma e remota, encontra nas plataformas de freelancers o espaço ideal para buscar novos jobs. No geral, existem 2 maneiras de funcionamento desses serviços:

  1. O profissional se cadastra, visualiza as oportunidades e faz uma proposta do serviço; ou
  2. O profissional se cadastra e é selecionado para fazer uma proposta referente a demandas disponíveis.

As principais plataformas de freelancer para o copywriter são as seguintes:

Na Crowd, você faz o seu cadastro como profissional de copywriting e recebe em seu e-mail e WhatsApp notificações sobre novas demandas de trabalho.

Assim, você tem a chance de encontrar jobs que pagam bem, fazer parte de projetos incríveis e, até mesmo, integrar equipes de marketing de sucesso.

Então, se você deseja ser um copywriter e quer boas oportunidades de trabalho neste campo, cadastre-se gratuitamente na plataforma Crowd.

Crowd

CROWD = Plataforma de Talentos de Marketing e Tecnologia. Conectamos você com especialistas para acelerar sua transformação digital. Profissionais e equipes remotas para implementar o que você precisa.

Deixe um comentário