As 15 principais tendências do marketing digital - 2024

Por Gabriel Matias em

08/12/2023 - Atualizado em:

2024

Tempo de leitura: 10 min

O marketing digital é bastante dinâmico, como você sabe. Por isso, o acompanhamento das tendências é uma necessidade para marcas que atuam na internet — e fora dela. Em 2024, o uso das tecnologias, além de humanização e personalização, vão se intensificar. Confira, a seguir, as 15 trends da área:

  1. Comunicação direcionada para gerações
  2. Humanização na comunicação, experiência e jornada do cliente
  3. Marketing ágil
  4. Data-driven
  5. Programas de fidelidade
  6. Inteligência artificial
  7. Maior uso de chatbots e voicebots
  8. Posicionamento de marca
  9. Conteúdo de áudio em ascensão
  10. Sustentabilidade e responsabilidade social
  11. Vídeo de curta duração
  12. Ephemeral content
  13. Micro-momentos
  14. Realidade aumentada (AR) em publicidade
  15. Social-Commerce

Acompanhe com a gente e saiba mais sobre as tendências do marketing digital em 2024.

1. Comunicação direcionada para gerações

Quando a internet começou a se popularizar, poucos grupos a frequentavam. Agora, diferentes gerações compartilham a web e, por isso, é preciso ajustar as estratégias aos diferentes públicos. 

O aumento expressivo de usuários mais jovens e o envelhecimento de determinados segmentos demandam uma abordagem precisa das empresas. A adaptação de campanhas ao atendimento às diferentes faixas etárias torna-se imperativa.

Cada geração tem características distintas, valores, históricos e preferências, influenciando até mesmo a maneira como as pessoas buscam informações. Logo, o alinhamento das táticas com essas particularidades possibilita uma relação próxima entre as marcas e o seu público-alvo.

2. Humanização na comunicação, experiência e jornada do cliente

A inteligência artificial (IA) foi um dos assuntos mais marcantes de 2023, certo? Em resposta ao uso massivo da tecnologia, as ações humanizadas despontam como uma tendência de peso em 2024.

A busca por conexões autênticas é de grande relevância no mundo digital, e as marcas precisam se concentrar em criar experiências positivas para a sua audiência. Nesse sentido, a humanização transcende negociações, visando a compreensão genuína das necessidades dos consumidores.

Para isso, as empresas deverão aprofundar os seus conhecimentos sobre a jornada do cliente, desde o primeiro contato até o pós-compra. Com isso, elas poderão antecipar necessidades, potencialmente aumentando a satisfação dos shoppers e a lucratividade do negócio.

A humanização não apenas atende à demanda por experiências menos “robotizadas”, mas destaca-se como estratégia inteligente em mercados saturados. Em um contexto onde muitos seguem padrões similares, o entendimento profundo sobre o cliente é a chave para a diferenciação e o sucesso.

3. Marketing ágil

A agilidade é outra tendência para o ano de 2024. Metodologias ágeis, como Scrum ou Kanban, se consolidam e passam a fazer parte da rotina de muitas equipes ao redor do mundo. A sua função principal é acelerar ciclos de entrega e otimizar resultados. 

O marketing ágil oferece vários benefícios aos negócios, tais como: viabilização de testes rápidos de campanhas, recebimento de feedback em tempo real e ajustes baseados em dados. 

A prática contribui para a capacidade de resposta ágil às mudanças e o impulsionamento da inovação da marca. Tais características são fundamentais para o destaque em cenários comerciais altamente dinâmicos. 

4. Data-driven

Na era digital, a habilidade de coletar, analisar e aplicar dados estrategicamente (data-driven) permite às empresas uma compreensão detalhada do seu público-alvo. Como resultado, é possível aplicar a personalização mais facilmente, proporcionando experiências relevantes e impactantes às pessoas. 

O marketing data-driven serve para respaldar decisões importantes, além de otimizar a eficiência operacional. Com ele, a maximização do retorno sobre o investimento e a identificação de oportunidades ainda não exploradas são possíveis porque as escolhas são feitas com base em informações reais.

Vale destacar que, à medida que os dados ganham valor nos negócios, a ética e a segurança na gestão desses ativos tornam-se ainda mais relevantes. Portanto, o seu uso responsável e transparente é essencial para construir a confiança do shopper e proteger a companhia.

5. Programas de fidelidade

Quem não aprecia um programa de fidelidade, não é mesmo? Seja por pontos ou cashback, essa prática é capaz de atrair novos compradores e fomentar a retenção, transformando clientes ocasionais em entusiastas defensores da marca.

Além de estimular a lealdade, a tática fornece uma fonte de dados sobre o comportamento da clientela. Essas informações são valiosas como insumo para personalizar ofertas, aprimorar a jornada e refinar estratégias de marketing.

6. Inteligência artificial

A IA, como visto, é uma das mais fortes e inovadoras tendências de marketing dos últimos anos. Desde chatbots que oferecem interações automatizadas até algoritmos avançados que otimizam campanhas publicitárias, ela proporciona experiências personalizadas aos consumidores.

Além de automatizar processos, a inteligência artificial consegue impulsionar a criatividade dos profissionais. Ferramentas de geração de imagens, por exemplo, capacitam as marcas a permanecerem dinâmicas e ágeis em um mercado em constante evolução. 

7. Maior uso de chatbots e voicebots

Outra tendência em marketing para 2024 é ampliação do uso de bots. Os assistentes virtuais por texto e por voz são capazes de fornecer respostas em tempo real aos usuários. Assim, eles oferecem um canal instantâneo e acessível para clientes obterem informações, realizar compras ou resolver problemas.

A integração das tecnologias em sites, aplicativos ou ambientes phygital (físico + digital) resulta em uma experiência ágil e customizada, elevando a satisfação do cliente. 

As conversas conduzidas pelos chatbots e voicebots otimizam a eficiência operacional e estreitam relacionamentos entre as organizações e os shoppers. 

A chave para o sucesso da trend está no equilíbrio entre automação e autenticidade. Desse modo, as companhias poderão garantir que a interação mantenha a humanização desejada pelo público. 

8. Posicionamento de marca

Em um cenário repleto de informações, a comunicação clara e persuasiva da proposta de valor da marca aos consumidores é essencial. Nesse contexto, um posicionamento adequado mostra-se de grande relevância, impulsionando resultados em todos os tipos de negócios. 

A estratégia direciona as empresas na construção de uma identidade distintiva frente à concorrência. Portanto, a criação de uma imagem forte ajuda a torná-las mais relevantes no mercado em constante evolução. 

A capacidade de expressão impactante e autêntica também tem potencial para estabelecer conexões duradouras com os consumidores. Em um ambiente onde a atenção do cliente é disputada, o posicionamento de marca se revela como o alicerce para criar uma presença memorável e significativa.

9. Conteúdo de áudio em ascensão

Com a massificação dos podcasts e a demanda crescente por áudio, as organizações estão aproveitando essa tendência para gerar relações próximas com o seu público. A criação e distribuição de conteúdo de áudio será, em 2024, uma tática para cativar audiências.

A popularidade dos podcasts, em particular, proporciona uma plataforma útil para compartilhar narrativas, insights e mensagens. Segundo estudo anual consumidor digital 2022 | IPEC + Globo, existem 38,6 milhões de ouvintes da modalidade no Brasil. Logo, trata-se de um grande público consumidor.

A distribuição de áudio-books também oferece uma alternativa conveniente para os consumidores absorverem conteúdo valioso. Assim, investir nessa tendência permite que as marcas alcancem novos patamares de envolvimento com seu público-alvo.

10. Sustentabilidade e responsabilidade social

Como falar em tendências para 2024 sem mencionar o crescente impacto da conscientização ambiental e social no comportamento do shopper, não é mesmo? Isso torna evidente a importância da sustentabilidade na elaboração de estratégias para o negócio. 

Empresas estão adotando abordagens mais sustentáveis em suas operações, desde cadeias de suprimentos até embalagens eco-friendly. 

Além disso, a integração de responsabilidade social em iniciativas de marketing, como campanhas solidárias e apoio a causas, beneficia a comunidade e cria laços emocionais fortes com os consumidores.

11. Vídeo de curta duração

Plataformas como TikTok e Reels do Instagram transformaram o cenário digital, elevando o uso de vídeos de curta duração a um novo patamar. Essa trend não apenas reflete a mudança nos hábitos de consumo, mas também oferece oportunidades significativas para as empresas se destacarem.

A criação de vídeos em formato rápido tornou-se uma prática necessária; afinal, a atenção das pessoas demanda narrativas impactantes desde os primeiros segundos. Portanto, elementos visuais atraentes, música marcante e mensagens objetivas são fundamentais para o sucesso da tática.

A eficácia desses materiais não está apenas na brevidade, mas na habilidade de transmitir a mensagem de forma memorável. Negócios que compreendem a aplicação do storytelling em poucos segundos tendem a alcançar mais usuários e, além disso, a retê-los por mais tempo. 

12. Ephemeral content

O conteúdo efêmero, como os stories do Instagram e YouTube, ganha destaque no marketing para o próximo ano. Além de promover produtos, ele se tornou uma ferramenta valiosa para aumentar o engajamento e contar histórias autênticas.

Em relação a ofertas, as empresas podem criar narrativas que destacam características únicas dos itens, bastidores de produção e promoções exclusivas. Logo, elas aproveitarão a urgência do ephemeral content. 

A narrativa cheia de autenticidade é especialmente relevante porque a natureza temporária do material gera uma sensação de exclusividade. Mostrar o lado humano do negócio, eventos ao vivo e momentos espontâneos contribuem para uma conexão genuína. 

13. Micro-momentos

Sabe aqueles instantes em que as pessoas buscam distrações em seus smartphones? Pois saiba que eles são uma verdadeira oportunidade para as marcas. Aproveitar os micro-momentos é uma estratégia interessante para oferecer conteúdo de impacto e influenciar as decisões de compra.

A compreensão dos padrões de comportamento durante esse período é importante para as empresas  personalizarem táticas. Assim, elas terão as informações de que precisam para atender às necessidades imediatas dos clientes.

Nesse ponto, a agilidade é essencial. Então, as organizações que respondem de maneira rápida durante os micro-momentos têm a oportunidade de construir relações significativas e conquistar a preferência do shopper. 

A oferta certa no momento oportuno pode ser o que falta para os negócios “fisgarem” a atenção do seu público. Portanto, será possível alcançar as pessoas de modo mais marcante e assertivo em meio a esse mar de informações da atualidade. 

14. Realidade aumentada (AR) em publicidade

A AR está rapidamente se tornando uma peça essencial nas estratégias publicitárias, oferecendo experiências interativas ao público. Marcas inovadoras estão explorando a tecnologia para campanhas memoráveis, que transcendem as limitações tradicionais do físico e do digital.

Ao incorporar a realidade aumentada, as empresas são capazes de proporcionar aos consumidores interações únicas. Experimentar produtos virtualmente antes da compra, participar de imersões e visualizar informações adicionais em tempo real são alguns exemplos.

A AR vai além do visual, possibilitando a criação de campanhas multisensoriais. Desde filtros interativos em redes sociais até simulações em lojas virtuais, as companhias estão capitalizando a AR para oferecer narrativas publicitárias que realmente envolvem as pessoas. 

Ao transformar produtos e mensagens em experiências tangíveis, a realidade aumentada redefine a publicidade, proporcionando interações inovadoras que permanecem na memória do cliente.

15. Social-Commerce

Por fim, a integração do comércio em plataformas de mídia social (como Facebook Marketplace) é uma das tendências de marketing digital para 2024. Com o canal, as organizações podem impulsionar as vendas e a sua visibilidade de marca na internet.

O social-commerce tem potencial para criar experiências de compra simplificadas e diretas. Assim, o modelo oferece aos consumidores a conveniência de explorar e adquirir produtos sem sair das plataformas sociais que frequentam.

Estratégias como publicação de ofertas e live shopping ajudam a construir confiança nesses ambientes. Além disso, a interseção entre redes sociais e comércio oferece às organizações uma oportunidade única de cativar clientes de maneira autêntica. 

Como você conferiu, 2024 será um ano marcado por tendências de marketing digital que incluem: humanização, tecnologia e táticas diferenciadas de vendas. O importante é acompanhar as práticas e identificar aquelas que fazem sentido ao seu negócio.

Agora, leve mais agilidade à sua empresa para aderir às trends relevantes. Entre em contato com a CROWD e saiba como contratar especialistas de marketing sem burocracia e sob demanda. Solicite agora um orçamento!

Gabriel Matias

CROWD = Plataforma de Talentos de Marketing e Tecnologia. Conectamos você com especialistas para acelerar sua transformação digital. Profissionais e equipes remotas para implementar o que você precisa.

Contrate profissionais