Contratar desenvolvedor de software: onde e como contratar com rapidez e segurança (2023) - 2024

Por Gabriel Matias em

18/04/2023 - Atualizado em:

2024

Tempo de leitura: 12 min

A transformação do seu negócio depende de um projeto de tecnologia. E contar com a atuação de desenvolvedores de softwares experientes para tirá-lo do papel é indispensável.

diversas formas de encontrar os melhores profissionais e é preciso conhecer bem as opções antes de tomar uma decisão. 

Os desenvolvedores de software também são conhecidos como devs ou programadores e podem atuar sozinhos ou em equipe. Tudo depende da necessidade do projeto, em primeiro lugar. Em seguida, é preciso adequar os planos ao seu orçamento.

Se você deseja contratar um desenvolvedor freelancer ou um squad de tecnologia completo para construir seu site, software, aplicativo ou qualquer outro sistema, confira as informações a seguir. 

Você vai descobrir onde encontrar, quanto custa e como contratar os melhores desenvolvedores de software. Acompanhe!

Tipos de desenvolvedor de software

Antes de mais nada, você deve saber que existem vários tipos de softwares e, por consequência, desenvolvedores especializados em cada um deles. 

Muitas vezes, montar um setor de tecnologia interno na sua empresa pode ser complexo e oneroso. Nesses casos você pode optar por desenvolvedores freelancers. 

Os desenvolvedores freelancers são profissionais autônomos, que trabalham de forma independente em vários projetos.

Se a sua empresa tem uma demanda pontual no desenvolvimento de software, pode ser a melhor opção contratar um desenvolvedor freelancer ou um squad remoto completo.

Freelancer ou não, os desenvolvedores de software podem ser classificados em:

Back-end é o profissional que trabalha nos bastidores, por assim dizer. Tem foco nas funcionalidades, integrações entre sistemas, bancos de dados, segurança das informações etc.

Front-end, por sua vez, é o desenvolvedor que trabalha na parte visual, a interface de uso que o usuário enxerga. Seu foco está mais voltado para o layout e a excelência na experiência de uso do programa, site ou aplicativo mobile, por exemplo.

Full-stack é o profissional que atua em ambos, para criar um produto completo.

O desenvolvedor de software é responsável pela criação de aplicações para dispositivos computacionais. Computadores, celulares… em resumo, dispositivos capazes de processar informações de acordo com o software criado.

Então, também podemos classificar os devs de software segundo sua área de atuação:

Desenvolvedor de sites

O desenvolvedor de site trabalha com linguagens de programação para criar um site do zero, ou com sistemas de gerenciamento de conteúdo, como no caso do desenvolvedor WordPress. Também é conhecido como desenvolvedor web.

Desenvolvedor mobile

Esses profissionais criam aplicações para dispositivos móveis, conhecidas como aplicativos, ou apenas apps. Esses dispositivos são celulares, tablets, smartwatches etc.

Desenvolvedor de sistemas

O desenvolvimento de sistemas é a área do desenvolvimento de software mais voltada a programas. São exemplos os editores de texto ou vídeo, ferramentas de gestão para empresas como o Trello, sistemas operacionais como Windows ou Android etc.

Desenvolvedor de jogos

Jogos virtuais e onlines também são softwares e existe um grande mercado para a sua criação e aprimoramento. Os devs de jogos atuam exatamente nessa área.

Há ainda outros tipos de programadores/desenvolvedores no mercado, as classificações evoluem na mesma velocidade da tecnologia. 

Também existem os profissionais que atuam com consultoria em TI e os especialistas em análise de dados e machine learning. Ou ainda na manutenção de programas, plataformas, bancos de dados e muitos outros.

Entregáveis do desenvolvedor de software

Entregáveis do desenvolvedor de software

O dia a dia do programador envolve uma série de tarefas, das mais simples às mais complexas. 

Os desenvolvedores planejam e desenvolvem os softwares, bem como realizam manutenções preventivas, atualizações ou correção de bugs. Eles são responsáveis por testar e colocar os projetos em funcionamento. 

A carreira inicia como desenvolvedor júnior, passando pelo pleno e, depois, sênior. Quando estão nos cargos de liderança em projetos ou empresas, também coordenam equipes. Conforme adquirem experiência, podem assumir a posição de líder técnico, o Tech Lead.

O desenvolvedor de software precisa entregar diferentes materiais, de acordo com as etapas de um projeto de tecnologia:

  • Coleta de informações ou diagnóstico: etapa onde se deve catalogar informações sobre o público-alvo, analisar os requisitos do sistema e avaliar a viabilidade do produto.
  • Planejamento: etapa da escolha da metodologia e das linguagens de programação a serem utilizadas e da criação do protótipo do software.
  • Desenvolvimento: etapa de desenvolvimento (programação), realização de testes e ajustes.
  • Implantação: etapa de entrega, onde o desenvolvedor deve acompanhar o início do uso real do software.
  • Acompanhamento: após a entrega, é preciso acompanhar o produto, realizar manutenções e melhorias constantemente. Etapa que constitui um serviço à parte.

Onde contratar um desenvolvedor de software

Onde contratar um desenvolvedor de software

Os desenvolvedores estão procurando trabalho, e você está procurando desenvolvedores ou squads remotos completos

Poderá encontrá-los em suas redes sociais, sites com apresentação dos portfólios, bem como em plataformas especializadas em conectar clientes a profissionais.

Confira a seguir as principais plataformas do mercado.

Contratar desenvolvedor de software em plataformas de profissionais remotos freelancers

Plataformas de freelancers são uma excelente opção para proporcionar agilidade e melhor custo-benefício na contratação, sem abrir mão da qualidade. As principais são: 

CROWD

A Crowd começou como uma agência e hoje, 9 anos depois, é uma grande plataforma especializada em conectar clientes com os melhores freelancers do mercado de marketing e tecnologia.

Possui mais de 20 mil profissionais cadastrados e trabalha com base em uma inteligência artificial supervisionada por uma curadoria humana. Isso garante encontrar sempre os melhores profissionais para cada projeto.

A contratação dos desenvolvedores ou outro tipo de profissional de marketing ou tecnologia pode ser feita de 3 formas diferentes na Crowd:

  • Contrate você mesmo: é a modalidade onde o cliente publica seus projetos e negocia diretamente com os profissionais. 
  • Sob Demanda: é a modalidade onde o time de curadoria da Crowd auxilia na contratação, entendendo a sua necessidade e indicando rapidamente o melhor profissional.
  • Squads Remotos: é a modalidade onde a Crowd vai montar um time completo para desenvolver seu projeto de forma remota, em poucos dias, e segundo o tamanho do seu projeto, dos mais simples aos mais complexos.

Marfin

A Marfin é uma nova plataforma que conecta freelas e clientes, sendo possível escolher também entre as modalidades On Demand ou You Hire.

Com foco na produção de conteúdo, não é uma plataforma especializada em desenvolvimento de software de forma geral. Os profissionais de tecnologia encontrados por lá atendem apenas às demandas de desenvolvimento de sites.

Workana

A Workana é uma das plataformas mais antigas do mercado. A principal forma de contratação é na modalidade You Hire, mas é possível contar com a ajuda da equipe para contratar um ou mais profissionais.

Para isso, é preciso contratar um plano como Workana Plus ou Enterprise, que ajuda a encontrar os melhores talentos, porém não são especialistas em montar squads, caso seja esta a sua necessidade.

Creators.llc

Esta é uma plataforma em que a grande proposta de valor é deixar você livre da burocracia com contratos e pagamentos. 

Tem foco em criadores de conteúdo e influencers, mas também disponibiliza alguns desenvolvedores de softwares em sua base de freelancers, bem como monta e supervisiona squads.

A startup é brasileira e tem 5 anos no mercado. A base de profissionais conta com cerca de 8 mil pessoas, porém a maioria são de influenciadores e criadores de conteúdo.

99Freelas

Semelhante à Workana, porém brasileira, a 99Freelas tem mais de 1 milhão de profissionais na base. Entretanto, é provável que haja poucos desenvolvedores de software realmente experientes, sendo a maioria formada por freelancers no início da carreira.

A 99 Freelas não oferece serviços de curadoria, nem formação de squads de tecnologia. É possível contratar desenvolvedor de software por lá apenas na modalidade You Hire.

Contratar desenvolvedor de software diretamente em sites próprios ou redes sociais

Alguns programadores são influenciadores e produzem conteúdo sobre seus ramos de atuação nas redes sociais e no YouTube, bem como artigos de blog em seus sites pessoais.

É possível encontrá-los em plataformas como Facebook, Instagram ou LinkedIn, ou ao buscar informações sobre desenvolvimento de sistemas no Google ou no YouTube.

Essa forma de contratação não conta com o intermédio de plataformas especializadas e, por esse motivo, também não há garantias além do contrato particular entre o freelancer e a sua empresa, documento que você precisa exigir entre outros requisitos que listaremos mais adiante.

Quanto custa contratar um desenvolvedor de software

Quanto custa contratar um desenvolvedor de software

Na hora de contratar um dev, o preço pode variar bastante. Entre os principais fatores responsáveis por essa variação, estão o nível de experiência e o prazo de entrega do projeto.

Um desenvolvedor iniciante e/ou com poucos cases no portfólio precisa cobrar menos, o que não significa que seu trabalho seja ruim. Às vezes, o profissional é iniciante no mercado freelancer, mas possui vasta experiência.

Já os que atuam há mais tempo como freela, naturalmente, cobram mais. Os mais procurados, além de cobrarem um valor maior, também podem precisar de mais prazo para entregar o projeto.

A agenda dos melhores profissionais costuma estar lotada e pode ser que tenham vaga para novos projetos apenas em algumas semanas ou até meses. Entretanto, seu nível de experiência elevado pode proporcionar uma grande redução no tempo de entrega, sem diminuir o nível da qualidade.

Por isso, buscar por um profissional diretamente em uma plataforma como a Crowd, com milhares de bons desenvolvedores de software, pode contribuir com a melhoria da relação custo-benefício da sua contratação.

Programadores podem cobrar por hora ou por projeto. Com base nas informações encontradas nas principais plataformas que conectam freelancers e clientes, uma estimativa de preço para contratar desenvolvedor de software é:

  • Entre R$ 50,00 e R$ 300,00 por hora nas contratações abertas.
  • Entre R$ 1.500,00 e R$ 5.000,00 para o desenvolvimento de sites.
  • Entre R$ 4.000,00 e R$ 50.000,00 para desenvolver aplicativos mobile.
  • Entre R$ 2.000,00 e R$ 100.000,00 para o desenvolvimento de sistemas.

A depender da complexidade do software a ser desenvolvido, podem ser encontrados valores até bem mais altos.

Porém, o aspecto mais importante na hora de contratar desenvolvedor de software não é o preço, esta é a segunda prioridade.

Em primeiro lugar, deve-se observar alguns requisitos que vão garantir o sucesso do projeto e uma grande economia de tempo e outros recursos. Continue a leitura.

Requisitos para contratar um desenvolvedor de software

Requisitos para contratar um desenvolvedor de software

Na hora de escolher um programador para o seu projeto, dê preferência a desenvolvedores de software que tenham um processo estabelecido para produzir os entregáveis. Pergunte sobre as etapas e como ele costuma enviar a documentação de cada uma delas.

Além da organização, isso é importante porque dificilmente é possível acompanhar a evolução e ter bom desempenho nas etapas sem um processo confiável, testado e validado em projetos similares anteriores.

Um bom software também não pode ser refém de modelos e fragmentos de código prontos. Esses materiais ajudam, mas podem limitar bastante o projeto. 

Para ter um software confiável, é preciso contratar um desenvolvedor com amplo conhecimento em lógica de programação e nas linguagens escolhidas, facilidade na prevenção e correção de erros e que esteja sempre se atualizando quanto às novas tecnologias.

Geralmente, esses profissionais preferem atuar de forma independente como profissional remoto freelancer. Pesquisas recentes da Revista Exame e outros veículos constataram que 70% dos profissionais preferem trabalhar como freelancers de forma remota, sozinhos ou como parte de um squad de tecnologia.

Se você contratar um dev de software através de uma plataforma como a Crowd, terá a segurança de, no caso da não atendimento ao escopo, encontrar outro profissional especialista.

Caso opte por uma contratação direta, não esqueça de exigir um contrato e conferir toda a documentação do profissional, seja com CPF ou CNPJ.

Observe também as avaliações e certificações que estes profissionais possuem em seus perfis e portfólios. Converse com eles para descobrir mais sobre suas habilidades e competências. Tente verificar se são proativos, transparentes, organizados e flexíveis.

Case de sucesso: contratar desenvolvedor de software

Case de sucesso: contratar desenvolvedor de software

A contratação de desenvolvedores entregou velocidade e experiência para que a startup Axei Saúde não perdesse uma grande oportunidade.

Ainda que contassem com um time interno de tecnologia, a empresa não podia dividir o foco para a criação de uma nova plataforma que seria mais um diferencial em relação à concorrência.

Veja o que diz Luca Ceschin, CEO da Axei Saúde: 

https://www.youtube.com/watch?v=OUuxvDRu_DQ

Ou confira este case de sucesso na íntegra aqui.

Aqui na Crowd, ajudamos a encontrar um desenvolvedor de software ou montar um squad remoto do tamanho da sua necessidade, em poucos dias. Solicite seu orçamento agora mesmo clicando aqui.

Gabriel Matias

CROWD = Plataforma de Talentos de Marketing e Tecnologia. Conectamos você com especialistas para acelerar sua transformação digital. Profissionais e equipes remotas para implementar o que você precisa.

Contrate profissionais